Às vezes a vida te dá um abraço de presente

De El regalo de la semana

regalo

Há alguns dias, um amigo nosso (meu parceiro e meu) insistiu muito (não muito pesado) em fazer uma videoconferência conjunta.

Tinha que ser uma videoconferência comigo e com meu parceiro.

- "ei, não sei porque você insiste tanto"

- "Não sei, ele vai querer que façamos uma oficina de ioga porque ele nos vê estressados"

- "e que não conhece a piada"

- "que piada?"

- "Bem, ele é um homem que uma noite começou a sonhar com 2 + 1"

- "2 + 1?"

- “sim…. O tempo todo 2 + 1, 2 + 1, 2 + 1,…. E assim, noite após noite, até ficar tão obcecado que também pensa nisso durante o dia.”

- "o 2 + 1?"

- “O 2 + 1… aí ele vai ao médico e explica a história… doutor que eu sou obcecada pelo 2 + 1…. O tempo todo estou pensando em 2 + 1 ... O que eu tenho? ... ”

- "e o que ele tinha?"

- “o médico olha para ele com atenção e diz; Eu sei o que você tem… você tem estresse!”

- "Como?"

- “hahaha…. Bem, eu tinha 2 + 1 = estresse! .... hahahahahaha ”

- "por Deus... hoje você dorme no sofá..."

Droga!

De qualquer forma.

Vamos voltar à história.

Estávamos lá às 18h e eu já me via fazendo saudações ao sol pelo resto da tarde.

Às 18h10, eu estava chegando em casa e eles me ligaram.

- "quando você chega?"

- "cinco minutos, você já começou?"

- "vamos lá, corra, isso é importante"

- "Eu vou, eu vou..." - acelero pensando "que estresse com a aula de ioga"

Chego em casa e... Surpresa!... na videoconferência não está apenas o nosso amigo "insistente" mas há cerca de 5 outras pessoas.

Estou meio em choque.

e vamos fazer uma aula de ioga com todos eles?

Que pena.

E se eu tiver que fazer a ponte de pino que uma da ioga, não sai, eu me bato e todo mundo começa a rir.

Que fim de tarde ele está me esperando.

não posso fugir?

É isso!

Eu crio um plano;

Planeje A para conversar até que seja tarde e todos tenham que sair para fazer outra coisa.

Planeje B cair da cadeira (simples assim) e torcer meu tornozelo.

Sim, eu sei que é complicado, mas estou desesperada.

Plano C à Fuga. Sair correndo. Como Forrest Gump. Correndo e não parando. Corra e não olhe para trás.

Eu começo o Plano A primeiro.

E eu começo a falar... e fazer piadas... e enquanto eu acho que não entendo nada... e meus neurônios começam a derrapar...

"O que está acontecendo aqui?" Eu me pergunto.

E continuamos conversando sobre as coisas da vida... "mas para que serve essa videoconferência?" - eu acho

Mas todos continuam como se nada estivesse acontecendo...

Pelo menos não estamos fazendo ioga em grupo por videoconferência.

O plano está indo bem?

Estou traindo você?

Após vários minutos de conversa agradável, alguém diz "Enviei um link no chat. Por que você não abre?"

Bem, vou abri-lo. Ou eu tento. Porque eu tenho que pedir permissão. Quão complicado é isso.

Parece um desenho (parece-me ler jpg) e penso "esta vai ser uma fotografia de quando íamos a alguma excursão à montanha ou a algum encontro ou... vá conhecer... "

Espero algo engraçado ou cativante para continuar falando sobre o passado ou o presente ou o que sei...

Mas não.

É um cartão.

E diz;

"Presente de um fim de semana.

Em um spa.

Com jantar incluso.

Com babá incluída. "

Cerca de 25 pessoas assinam.

Mas...

Mas...

Mas...

O que é isso?

Estou em choque.

Não sei o que dizer.

Abraço minha filha que estava passando

- "Papai! o que você está fazendo?"

- "Desculpe filha, preciso abraçar algo e não temos gato"

- "abraço mãe!"

- "mamãe está abraçando um travesseiro"

Mas...

Mas...

Mas...

Não é o aniversário do meu parceiro

Não é meu aniversário

Não é nosso aniversário.

Não sei o que é.

Mas tocou minha alma.

E ainda não sei o que dizer.

E meu parceiro soltou a língua.

Boa coisa.

- "pai, você pode me deixar ir"

- "não minha filha, não posso"

- "por quê?"

- "porque não temos um gato para abraçar"

E não há mais para contar ou corolário para explicar ou piada para fazer. Às vezes a vida te dá um presente sem esperar e possivelmente sem merecer,

Mas...

Mas...

Mas...

Mas ainda não sei muito o que dizer ou como fazer.

Claro que, uma hora ou outra... teremos que aproveitar! XD


.